Vários (Madalena Oliveira e Joaquim Fidalgo pelo CECS)

2020

Efeitos do Estado de Emergência no Jornalismo

Para além da exigente condição ético-deontológica que, em determinados contextos, torna a profissão extremamente sensível, o jornalismo é também uma ocupação cada vez mais fragilizada por condições económicas desfavoráveis. Como terá a Declaração do Estado de Emergência por seis semanas consecutivas afetado a situação laboral dos jornalistas em Portugal?

Esta é a principal questão que motiva o estudo “Efeitos do Estado de Emergência no Jornalismo”, promovido em parceria pela Comissão da Carteira Profissional de Jornalistas, o Sindicato dos Jornalistas, a Sopcom, o Ceis20, da Universidade de Coimbra, o ICS e o CAPP, da Universidade de Lisboa, e o CECS, da Universidade do Minho. Tendo por referência o momento da Declaração do Estado de Emergência, a 18 de março, esta investigação visa estudar a situação da profissão na Primavera de 2020. São, neste âmbito, objetivos deste estudo:

– conhecer e interpretar as condições socioprofissionais dos jornalistas;

– analisar os efeitos da Declaração do Estado de Emergência no emprego;

– reunir informação sobre as perceções dos jornalistas relativamente ao modo como a situação atual afeta questões ético-deontológicas sensíveis;

– reunir dados relevantes para instruir eventuais políticas e estratégias públicas de intervenção, tanto em matérias de natureza laboral como para a promoção de informação de qualidade.

Procurando estudar a situação presente imediata, este estudo assenta essencialmente na aplicação de um inquérito por questionário dirigido aos detentores de um título profissional de jornalista. Desenvolvido na plataforma LimeSurvey (em conta baseada no servidor dedicado do CECS), este questionário online deve ser enviado por email a todos os jornalistas registados na base de dados da Comissão da Carteira Profissional de Jornalista, donde será construída uma amostra. Os resultados serão sujeitos a tratamento estatístico (estatística descritiva) e analisados no âmbito da sociologia das profissões, da economia política dos média e do jornalismo e da ética jornalística.

Créditos da imagem: freepik.com